Segurança do Trabalho


Sobre

O técnico de segurança do trabalho é o profissional que analisa os métodos e processos de trabalho, identificando suas condições e fatores de risco, propondo melhorias e maior segurança. É ele quem estuda o ambiente dos funcionários de uma empresa para ver se as normas trabalhistas estão sendo cumpridas, tanto em questões como higiene e alimentação, quanto em fatores que expõem a vida do empregado. O técnico, com isso contribui para que muitos acidentes sejam evitados, trazendo maior qualidade de trabalho a toda empresa.
Áreas de atuação
O profissional técnico em segurança do trabalho atua principalmente na avaliação e prevenção de acidentes e de doenças ocupacionais em empresas de diferentes setores, desde a construção civil e a indústria de autopeças até hospitais e bancos.

Atribuições

Entre suas atribuições, podemos citar:
  • Identificação de riscos de acidentes pessoais, materiais e ambientais.
  • Implementação de ações corretivas.
  • Análise de acidentes e doenças de trabalho e recomendação de ações para prevenção.
  • planejamento e execução de programas de treinamento de segurança.
  • Participação em reuniões e campanhas de prevenção.
  • Orientação de uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs).

Perfil profissional

  • Ao concluir o curso técnico em Segurança no Trabalho, o profissional estará preparado para:
  • Atuar em ações de prevenção, com base em métodos e técnicas indicados na legislação.
  • Identificar, avaliar e adotar medidas para minimizar riscos à saúde e segurança no trabalho.
  • Desenvolver ações educativas.
  • Orientar sobre o uso de equipamentos de proteção.
  • Coletar e organizar informações de saúde e de segurança no trabalho.
  • Executar o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. 
  • Investigar, analisar acidentes e recomendar medidas de prevenção e controle. 

Mercado de trabalho para profissionais Técnicos em Segurança do Trabalho

Uma das vantagens para quem se forma neste curso é que a legislação exige das empresas a contratação de técnicos de Segurança no Trabalho em número proporcional ao de funcionários.
As oportunidades de trabalho podem ser encontradas em:
  • Estabelecimentos comerciais e industriais (públicos e privados).
  • Fabricantes e representantes de equipamentos de segurança.
  • Sindicatos e entidades de classe.
A média nacional salarial do Técnico em Segurança do Trabalho é de R$ 2.611,00.

A ética e a regulamentação da profissão

Visa enquadrar os participantes da categoria em um padrão de atitude politicamente correta colocando em linha a entidade que os representa e a categoria profissional, no caso desse a FENATEST – Federação Nacional dos Técnicos de Segurança do Trabalho. A FENATEST é federação (entidade) que representa a categoria dos Técnicos de Segurança do Trabalho a nível nacional.
Para acessar o código de ética diretamente no site da FENATEST pelo link
O registro do técnico em segurança do trabalho é feito pelo site do Ministério Do Trabalho E Emprego – MTE

Fontes

Código de ética

Nenhum comentário:

Postar um comentário