Enfermagem


Sobre

Enfermagem é uma profissão que vem ganhando bastante espaço nos últimos anos. A expansão e a melhoria das redes hospitalares têm demandado cada vez mais a presença desses profissionais. Fatores como envelhecimento da população e o aumento dos serviços de cuidado em domicílio também contribuem para o aquecimento da área.
O curso Técnico em Enfermagem é oferecido para alunos que tenham concluído o Ensino Médio. Para poder atuar como técnico em Enfermagem, o profissional precisa ser formado em uma escola registrada junto aos órgãos competentes. Ele irá trabalhar sob a supervisão de um enfermeiro e poderá prestar assistência em casos de maior complexidade (sempre junto a um enfermeiro).
Áreas de atuação
Os empregadores de técnicos de Enfermagem são: centros cirúrgicos, unidades de terapia intensiva, clínicas médicas, ambulatórios, consultórios médicos, geriatria, postos de saúde, laboratórios de análises clínicas e hospitais em geral, além de Home Care (Enfermagem Domiciliar), em indústrias, escolas, creches, etc.

Atribuições

O Técnico em Enfermagem é um profissional de nível médio, que ajuda a equipe de enfermagem em diversas frentes, como:
  • Oferecer apoio ao enfermeiro para planejar atividades da área. 
  • Prestar assistência a pacientes em estado grave. 
  • Atuar no controle e prevenção de doenças. 
  • Controlar o risco de infecção hospitalar. 
Ele tem um campo de atuação intermediário. É mais limitado em relação ao enfermeiro e mais amplo quando comparado ao auxiliar.

Perfil profissional

O profissional técnico em enfermagem é o responsável por identificar funções e responsabilidades dos membros da equipe de trabalho, planejar e organizar o trabalho na perspectiva do atendimento integral e de qualidade.

Mercado de trabalho para profissionais de Enfermagem

O mercado de trabalho para todos os profissionais de Enfermagem é bom e segue em expansão. Os salários variam de acordo com o nível de formação do profissional. Os técnicos recebem, em média, pouco mais da metade dos ganhos de um enfermeiro. A média nacional salarial do Técnico em Enfermagem é de R$ 1.916,00.

A ética e a regulamentação da profissão

A lei que atualmente regulamenta o exercício profissional de enfermagem é a Lei nº 7.498/86, de 25 de junho de 1986. Em seu artigo 1º, a lei prescreve que o exercício da enfermagem só é permitido aos profissionais que estiverem inscritos no Conselho Regional de Enfermagem da respectiva região, o Conselho Regional de Enfermagem (Coren), é responsável pela emissão dos documentos de inscrição dos profissionais que executam serviços de enfermagem, habilitando-os legalmente para atuar no mercado de trabalho.
A profissão que é regulamentada em lei e dispõe de um Código de Ética deverá ser conduzida de acordo com os direitos e deveres prescritos no respectivo código. Com a existência e o cumprimento desse código, tanto os pacientes/clientes quanto os profissionais da enfermagem são beneficiados. O Código de Ética leva em consideração a necessidade e o direito de assistência em enfermagem da população, os interesses do profissional e de sua organização. Além disso, pressupõe que esses profissionais prestem uma assistência sem riscos ou danos à população, visando a uma postura ética profissional adequada.

Fontes

Conselho


Código de ética

Nenhum comentário:

Postar um comentário